fbpx

Válvulas hidráulicas

Descubra neste artigo tudo o que você precisa saber sobre válvulas hidráulicas: tipos de válvulas, aplicações, principais problemas e como identificá-los.

Sem dúvida, as válvulas hidráulicas exercem um papel fundamental em equipamentos hidráulicos industriais. Afinal, são elas quem controlam os sistemas hidráulicos, seja reduzindo, aumentando, fechando ou mantendo a pressão do fluido em determinado ponto. 

Você sabia que pode comprar válvulas hidráulicas Parker sem nem precisar sair deste site? Veja as válvulas disponíveis em estoque. Caso tenha alguma dúvida, é só entrar em contato pelo WhatsApp.

O QUE É UMA VÁLVULA HIDRÁULICA

A válvula hidráulica é um dispositivo que regula, direciona e controla o fluxo e a pressão do fluido hidráulico. Sendo assim, basicamente, ela atua através da abertura, fechamento ou obstrução parcial da passagem do fluído. Desse modo, pode ser posicionada em diferentes pontos do sistema, de acordo com as necessidades. Além disso, existem diversos tipos de válvulas hidráulicas que podem ser classificadas de diferentes formas.

TIPOS DE VÁLVULAS HIDRÁULICAS

Conforme mencionado acima, existem diversos tipos de válvulas. Normalmente eles são nomeados de acordo com as suas funções (por exemplo: direcional, de retenção etc). Da mesma forma, existem variados tamanhos e tipos de montagem. De fato, quando o assunto é válvula hidráulica, são muitas as opções e variáveis e, apesar do funcionamento de cada tipo de válvula ser relativamente simples, existem muitos detalhes que precisam ser levados em conta na hora de definir a aplicação correta. Sendo assim, a indicação da válvula hidráulica ideal depende de diversos de fatores. Por isso, ao escolher a válvula para o seu equipamento, com toda a certeza é necessário contar com o apoio de profissionais capacitados e especializados, que saibam dimensionar e indicar o tipo e o local adequado para instalação das válvulas no seu equipamento.

Entre os principais tipos de válvulas hidráulicas estão:

VÁLVULA DIRECIONAL
Válvula direcional

Como o próprio nome já deixa claro, tem como função direcionar o sentido de fluxo de acordo com a necessidade do circuito. Podem variar de acordo com o número de vias, número de posições, posição de repouso, tipo de acionamento, tipo de retorno (para a posição de descanso) e vazão. Também é conhecida como válvula de controle direcional. CONFIRA AS VÁLVULAS DIRECIONAIS DISPONÍVEIS EM ESTOQUE.

Saiba mais sobre este tipo de válvula baixando o PDF disponibilizado pela Parker.

VÁLVULA CONTROLADORA DE PRESSÃO

Esse tipo de válvula serve, naturalmente, para controlar a pressão, a direção ou o volume de um fluido nos circuitos hidráulicos. Assim sendo, é utilizada para:

Válvula controladora de pressão
  • Limitar a pressão máxima de um sistema;
  • Regular a pressão reduzida em certas partes dos circuitos;
  • Controlar operações sequências;
  • Contrabalancear forças mecânicas externas;
  • Outras atividades que envolvem mudanças na pressão de operação.

Para saber mais sobre este tipo de válvula, baixe o material disponibilizado pela Parker.

A válvulas controladoras de pressão subdividem-se em diversos tipos, entre eles:

  • Válvulas limitadoras de pressão

Muita vezes é utilizada como válvula de segurança ou de alívio, sendo assim normalmente se mantém fechada. Além disso, pode ser usada para fazer com que uma operação ocorra antes da outra (válvula de sequência) ou para contrabalancear forças mecânicas externas que atuam no sistema.

  • Válvulas de sequência de pressão

Esse tipo de válvula tem como função determinar a sequência de operações de uma máquina hidráulica. Ou seja, em geral, seu objetivo é retardar determinada ação, até que outra ação se complete. Por exemplo, a válvula de sequência pode ser usada para determinar que um atuador hidráulico funcione somente após o final da operação de um outro atuador ligado em paralelo.

  • Válvula de contrabalanço

Pode ser utilizada, por exemplo, em prensas onde existe a necessidade de sustentar com segurança cargas muito pesadas. Nesse sentido, sua principal função é bloquear o fluido para evitar a perda de fluxo. Desse modo, a instalação de uma válvula de contrabalanço é necessária, principalmente, quando é preciso controlar o deslocamento e manusear composições mais pesadas.

  • Válvula redutora de pressão.

A válvula redutora de pressão tem como função controlar a pressão do sistema e, em geral, se mantém aberta. Basicamente, as válvulas redutoras de pressão funcionam controlando o fluxo do fluido até que um nível de pressão determinado seja atingido. Veja os produtos disponíveis.

VÁLVULA DE RETENÇÃO
Válvula de retenção

A válvula de retenção, tem como função liberar a passagem do fluido num sentido ao passo que bloqueia o fluxo no sentido oposto. Por isso, é possível se referir a ela também como uma válvula direcional de uma só via ou válvula de bloqueio. Sendo assim, uma de suas principais funções é proteger o sistema de sobrecargas, proporcionar alívio da pressão e impedir o refluxo. CONFIRA AS VÁLVULAS DIRECIONAIS DISPONÍVEIS EM ESTOQUE.

Saiba mais sobre este tipo de válvula.

VÁLVULA CONTROLADORA DE VAZÃO
Válvula controladora de vazão

O objetivo da válvula controladora de vazão é reduzir o fluxo da bomba em uma linha do circuito. Sendo assim, desempenha sua função oferecendo uma restrição maior que a normal no sistema. Para vencer essa restrição, uma bomba de deslocamento positivo aplica uma pressão maior ao fluido, o que provoca um desvio de parte deste fluxo para outro caminho, em geral, para uma válvula limitadora de pressão. VEJA OS PRODUTOS DISPONÍVEIS

As válvulas controladoras de vazão são aplicadas em sistemas hidráulicos onde é preciso obter um controle de velocidade em determinados atuadores, o que é possível através da diminuição do fluxo que passa por um orifício.

Leia mais sobre este tipo de válvula baixando o material disponibilizado pela Parker.

MANUTENÇÃO DE VÁLVULAS HIDRÁULICAS

Seja qual for o tipo de válvula hidráulica, sem dúvida, a manutenção deve ser feita por quem é AUTORIDADE NO ASSUNTO. Afinal, as válvulas exercem papel fundamental em sistemas hidráulicos. Dessa forma, erros no seu funcionamento, podem causar sérios problemas que levam ao comprometimento de todo o sistema.

Válvulas hidráulicas que funcionam corretamente garantem, por exemplo, o funcionamento adequado e o aumento na vida útil dos atuadores. Além disso, evitam perdas na conversão da energia hidráulica para a mecânica, garantido assim o desempenho do equipamento. Por fim, o funcionamento da válvula também está relacionado à segurança, uma vez que são responsáveis por uma série de funções relacionadas (inclusive sendo necessárias na adequação à NR-12).

Basicamente, a manutenção de válvulas hidráulicas consiste na análise de suas funções, com o objetivo de identificar se tudo está funcionando conforme o desejado. Nesse sentido, é fundamental a utilização de uma bancada de testes. Além disso, ao analisar o equipamento como um todo, é possível identificar a necessidade de substituir, alterar a localização ou mesmo de instalar novas válvulas. Leia mais sobre a manutenção das válvulas hidráulicas.

CÍRCULO VIRTUOSO

Quando a manutenção da válvula é feita por quem é AUTORIDADE NO ASSUNTO é possível evitar falhas como: contaminação do óleo, vazamentos, perda de desempenho, defeitos por tempo de uso, enfim, problemas que causam paradas inesperadas e reduzem a produtividade e a vida útil do equipamento. Melhor ainda, com a manutenção feita por quem é AUTORIDADE NO ASSUNTO é possível identificar e aproveitar oportunidades para colocar toda sua indústria num CÍRCULO VIRTUOSO.

No caso da manutenção das válvulas é possível iniciar um CÍRCULO VIRTUOSO ao escolher um fornecedor de qualidade absoluta, como é o caso da INDUSTRIAL 4.0. Da mesma forma, isso também vale para o desenvolvimento de novos projetos.

Entenda melhor o que é iniciar um CÍRCULO VIRTUOSO? 

PRINCIPAIS PROBLEMAS E COMO RESOLVÊ-LOS

Cada tipo de válvula pode apresentar problemas diferentes causados por diversas razões.

VÁLVULAS DIRECIONAIS

Entre os principais problemas das válvulas direcionais, por exemplo, estão: desgastes nos sistemas de ligação dos controle, pouca pressão piloto, solenoide queimado ou comprometido, ajustes incorretos. Além disso, quando as válvulas desse tipo estalam ou não se movimentam pode ser que a bobina esteja desgastada ou instalada incorretamente. Por fim, quando o óleo está esquentando demais, pode ser que a válvula esteja com vazamento ou que esteja ajustada incorretamente.

VÁLVULAS CONTROLADORAS DE PRESSÃO

Quando as válvulas resultam em nenhuma pressão, pressão baixa ou irregular pode ser que o ajuste esteja incorreto. Da mesma forma, pode ser que alguma sujeira esteja mantendo a válvula parcialmente aberta, que roscas, superfícies, mangueiras ou molas estejam desgastadas ou danificadas, que haja algum bloqueio no orifício de balanço ou, por fim, que haja vazamentos no pistão.

Já quando as válvulas rangem ou fazem barulho em excesso é possível que a viscosidade do óleo esteja com parâmetros inadequados. Além disso, pode ser retorno excessivo na linha de pressão, ajustes errados ou o uso de mangueiras inadequadas.

Quando há superaquecimento, a viscosidade do óleo pode estar muito alta, da mesma forma pode haver algum vazamento interno na válvula.

Por fim, quando a pressão aumenta muito durante o ajuste da válvula pode ser que a mangueira seja imprópria ou esteja desgastada ou que a drenagem esteja restrita.

Válvulas de redução de pressão

No caso das válvulas de redução de pressão se encontrarem instáveis, pode haver contaminação no óleo. Além disso, pode ser que os orifícios ou balanças estejam tapados, que a linha de drenagem não seja aberta diretamente ao reservatório ou que as mangueiras estejam desgastadas.

Válvulas de sequência

No caso específico das válvulas de sequência, caso elas não estejam funcionando corretamente, pode ser que a instalação tenha sido feita incorretamente ou que o ajuste esteja errado. Da mesma forma, a vedação pode estar danificada ou a cobertura da válvula não foi apertada corretamente.

VÁLVULAS DE RETENÇÃO

Geralmente, quando estas válvulas apresentam variações de fluxo o cilindro ou motor vazam. Nesses casos, pode ser que a viscosidade do óleo esteja muito alta ou que ele esteja contaminado.

Do mesmo modo, quando estas válvulas apresentam fluxo impróprio pode ser que ela esteja ajustada incorretamente. Além disso, pode significar também que a passagem entre a válvula e o pistão esteja fechada, que os orifícios estejam bloqueados ou mesmo que o óleo esteja muito quente.

VÁLVULAS HIDRÁULICAS PARKER

A Parker oferece válvulas, em uma ampla variedade de tipos e configurações, para uso em hidráulica. As válvulas da Parker podem ser manuais, acionadas por motor, operadas por solenoide ou acionadas eletricamente. Enquanto as configurações de montagem, podem ser de sub-base, em linha ou manifold.

Como distribuidora Parker na área hidráulica industrial, a INDUSTRIAL 4.0 oferece as válvulas hidráulicas da marca, com o conhecimento de quem há 15 anos atua no mercado. Dessa forma, permite melhorar o desempenho das máquinas industriais através do fornecimento de componentes inovadores e sistemas completos.

Enfim, precisa de válvulas para o seu equipamento hidráulico?
A INDUSTRIAL 4.0 pode ajudar você. Aliás, você não precisa nem sair deste site.

Caso prefira entrar em contato, fique à vontade para usar um dos canais a seguir:

Envie uma mensagem pelo WhatsApp.

Se preferir utilize um dos canais a seguir:

TELEFONE E WHATSAPP: (16) 3618-0217 | EMAIL: administrativo@industrial4-0.com.br

INDUSTRIAL 4.0 - Hidráulica Industrial

WhatsApp chat