fbpx

JULHO AZUL: O mês de conscientização sobre a Indústria 4.0 no Brasil

O JULHO AZUL é uma campanha idealizada pela INDUSTRIAL 4.0 e pela DJP Automação para conscientizar os empresários do ramo da indústria sobre a importância estratégica em adotar as tecnologias da Indústria 4.0

Manter a indústria brasileira competitiva é vital para gerar os empregos e a riqueza que o nosso país tanto precisa. Sem dúvida, HOJE, ISSO SÓ É POSSÍVEL COM A INDÚSTRIA 4.0

Sendo assim, é fato que o primeiro passo para manter a competitividade da nossa indústria é o conhecimento. É por isso que a INDUSTRIAL 4.0 — em parceria com a DJP Automação — lançou a campanha JULHO AZUL. Continue lendo para saber mais…

O FUTURO JÁ CHEGOU (E ESTAMOS ATRASADOS)

A Indústria 4.0 já é uma realidade e quem não se adequar ficará para trás. Nesse cenário, a situação do Brasil é preocupante, principalmente entre as pequenas e médias indústrias.

Com toda a certeza, a falta de informação leva a uma visão errada do que é a Indústria 4.0 ou mesmo ao total desconhecimento. A essa altura do campeonato, essa falta de informação é inadmissível, visto os prejuízos que a perda de competitividade no setor podem acarretar à nossa economia. Sendo assim, é preciso levar informação, quebrar preconceitos, formar opiniões embasadas. Somente dessa forma as pessoas entenderão a importância de se movimentar rapidamente em direção às tecnologias da indústria 4.0.

O melhor de tudo é que essas tecnologias não custam caro e são perfeitamente viáveis até mesmo para as menores indústrias. Aliás, esse é um dos principais preconceitos que apenas o conhecimento é capaz de quebrar. Além disso, os benefícios da Indústria 4.0 são incontáveis.

Segundo levantamento da ABDI, a estimativa anual de redução de custos industriais no Brasil, a partir da migração da indústria para o conceito 4.0, será de, no mínimo, R$ 73 bilhões/ano.

DESAFIOS

O Brasil ocupa uma posição preocupante em termos de indústria:

  • A indústria representa apenas 10% do PIB, o menor número desde 1950;
  • O Brasil ocupa apenas a 69ª colocação no Índice Global de Inovação;
  • Entre 2006-2016 a produtividade da indústria no Brasil caiu mais de 7%;
  • No Índice Global de Competividade da Manufatura, o Brasil caiu da 5º posição em 2010 para a 29º posição em 2016;
  • A pandemia destacou a importância da Indústria para a manutenção da cadeia de suprimentos em diversos setores;
  • Da mesma forma, a pandemia mostrou o quão importante é a capacidade de adaptação da Indústria à situações de dificuldade, o que é facilitado pelas tecnologias da Indústria 4.0.

Nesse sentido, a Indústria 4.0 pode ser a oportunidade para dar um salto e mudar de patamar. No entanto, existem muitos desafios a serem superados, o primeiro deles: a falta de conhecimento sobre o tema.

Estudo realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontou que 57% das pequenas empresas desconhecem os pilares que representam as tecnologias relacionadas à Indústria 4.0.

A CAMPANHA

O JULHO AZUL (anteriormente conhecido como Agosto Azul) é inspirado no sucesso das grandes campanhas da área da saúde (como o Outubro Rosa, por exemplo). A campanha foi idealizada pela DJP e pela INDUSTRIAL 4.0 – duas importantes fornecedoras de componentes para automação industrial em Ribeirão Preto e região. A expectativa é, a partir dela, levar mais conhecimento, especialmente para as pequenas e médias indústrias.

A partir daí, esperamos plantar uma semente que incentive os empresários a correrem atrás dessas novas tecnologias que, na maioria das vezes, custam muito menos do que eles imaginam”, afirma Dirceu Pivovar, da DJP Automação.

Com toda a certeza, somente aderindo às tecnologias da Indústria 4.0, será possível garantir a competitividade da indústria brasileira, o que certamente gerará empregos e riqueza para o país”, completa Eduardo Bianchese da INDUSTRIAL 4.0.

Por fim, a campanha pretende combater a falta de conhecimento sobre o tema, conscientizando os empresários da importância estratégica em aderir à Indústria 4.0. “Acreditamos que o conhecimento é o primeiro passo para incentivar uma maior adesão a essas novas tecnologias, especialmente entre as pequenas e médias indústrias”, finaliza Junior Sartor, também da INDUSTRIAL 4.0.

POR QUE AZUL

Tanto para os budistas tibetanos, quanto para os egípcios o azul é uma cor que denota sabedoria. Ou seja, tem tudo a ver com a ideia da campanha. Além disso, é uma cor ao mesmo tempo sóbria e sonhadora, que permite olhar para o futuro de maneira consciente e sábia.

CLIQUE AQUI E TENHA ACESSO A MAIS DE 20 ARTIGOS SOBRE A INDÚSTRIA 4.0

INDUSTRIAL 4.0
WhatsApp chat