fbpx

Dia da Indústria – 25/05

No dia 25 de maio é celebrado o Dia Nacional da indústria. Esta data homenageia e lembra a importância deste setor tão essencial para a economia do país.

Sem duvida, a indústria é um setor chave, afinal produz os bens de maior valor da economia e emprega milhões de brasileiros. Por isso, neste Dia da Indústria vale a homenagem e a lembrança de que sem uma indústria forte não há como o país crescer.

INDÚSTRIA BRASILEIRA

A indústria brasileira é relativamente nova se comparada a de outros países. De fato, até 1808 era uma atividade proibida. Apesar de ter dado seus primeiros passos nesse ano, com a chegada da família real portuguesa, a indústria brasileiro se consolidou apenas mais de um século depois, a partir de 1930, no governo de Getúlio Vargas. Nesse sentido, se solidificou a partir de 1950 com Juscelino Kubitschek, quando várias indústrias estrangeiras (especialmente de automóveis) se estabeleceram no Brasil. Em toda a história, os períodos de industrialização foram os que resultaram em maior crescimento do PIB nacional, o que mostra a importância do setor.

A INDÚSTRIA BRASILEIRA HOJE

Os principais tipos de indústrias no Brasil atualmente são: automobilística, petroquímica, alimentares, de minerais não metálicos, agroindústria (soja, cana), têxtil, metalúrgica, mecânica, etc.

A indústria brasileira encontra-se fortemente no Sudeste, especialmente no estado de São Paulo, apesar de estarem surgindo cada vez mais novas unidades industriais nas regiões Sul, Centro-Oeste e Nordeste.

Hoje, o país ocupa apenas o décimo quinto lugar no segmento em escala global. Infelizmente, a situação tende a piorar, uma vez que o Brasil vem sofrendo um frequente processo de desindustrialização. Este processo, que vem desde a década de 80, sem dúvida, é fruto da constante perda de competitividade da indústria nacional. Essa perda de competitividade tem a ver com uma série de fatores, entre eles, destaca-se a crise da dívida externa nos anos 80, bem como a abertura da economia, no começo da década de 90. Além disso, o boom das commodities (a partir de 2003) contribuiu para uma mudança de foco, aproveitando o alto valor de produtos do tipo. Por fim, as políticas econômicas adotadas nos últimos anos também não ajudaram.

Nesse sentido, segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), para garantir uma indústria nacional forte é fundamental elevar a competitividade. Para isso, o país precisa aumentar os investimentos em infraestrutura, ampliar a participação nos mercados internacionais e promover reformas estruturais. Além disso, é de suma importância criar políticas que fomentem a Indústria 4.0.

ORIGEM DA DATA

O dia 25 de maio foi escolhido como Dia da Indústria em homenagem ao patrono da indústria nacional, Roberto Simonsen, que faleceu em 25 de maio de 1948.

Roberto Simonsen foi um engenheiro, industrial, administrador, professor, historiador e político, além de membro da Academia Brasileira de Letras – ABL. Além disso, Simonsen era presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP).

INDUSTRIAL 4.0

Nós da INDUSTRIAL 4.0 cumprimentamos todos os amigos empresários, funcionários e fornecedores da indústria e, neste momento de dificuldade, desejamos força para continuar exercendo esse papel fundamental para o Brasil. No que precisar, pode contar com a gente. Afinal, somos autoridade quando o assunto é hidráulica industrial.

CÍRCULO VIRTUOSO

Para alavancar a competitividade da sua indústria você precisa iniciar um CÍRCULO VIRTUOSO nos seus equipamentos.

Quer entender melhor o que é iniciar um CÍRCULO VIRTUOSO? CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

WhatsApp chat