fbpx

Coronavírus – Ministério Público divulga medidas para a indústria

Para evitar a disseminação do coronavírus, empresários e trabalhadores da indústria devem ficar atentos. Nesse sentido, MPT divulgou medidas a serem tomadas.

Diante da pandemia de coronavírus, entidades como o Ministério Público do Trabalho e sindicatos da área tem se manifestado no intuito de proteger os trabalhadores da indústrias. De fato, tais medidas são fundamentais para que a situação se resolva o mais rapidamente possível e as coisas não cheguem ao ponto de ter que parar quase que totalmente a produção (como aconteceu na China e na Itália) .

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO DIVULGA MEDIDAS

Sendo assim, o Ministério Público do Trabalho divulgou medidas a serem adotadas por empresas, sindicatos e trabalhadores da indústria para combater a pandemia de coronavírus. Nesse sentido, destaca-se a necessidade de flexibilizar a jornada de trabalho (em alguns casos) de funcionários com risco médio de infecção. Como, por exemplo, trabalhadores de indústrias de maior porte, onde há grande circulação de pessoas.

Dessa forma, essa flexibilização deve ser considerada em casos específicos. Ou seja, em casos de funcionários que precisem se ausentar, seja por possuírem parentes com os sintomas do vírus, diante da necessidade de passar por quarentena ou no caso de funcionários com maior vulnerabilidade, como os idosos.

Da mesma forma, o MPT destaca a necessidade das indústrias seguirem os planos de contingência determinados pelas autoridades. Desde permitir ausências, trabalhos à distância ou distanciamento entre funcionários no ambiente de trabalho até mesmo a pausar as atividades se necessário.

SINDICATO PEDE LICENÇA REMUNERADA

Diante dessa situação, alguns sindicatos tem se manifestado. É o caso do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e região que divulgou comunicado exigindo licença remunerada para os trabalhadores.

A suspensão dos trabalhos é uma medida urgente e necessária e deve ser acompanhada de políticas públicas de prevenção por parte dos governos federal, estadual e municipal”, informou em nota oficial o Sindicato.

As empresas da área de atuação desse Sindicato ainda não se manifestaram a respeito da licença, mas já estão tomando medidas de proteção aos trabalhadores.

Por fim, apesar de não haver motivo para pânico, é fato que todos devemos tomar os cuidados básicos para que o problema seja resolvido o mais rapidamente possível. Isso não é diferente na indústria, onde uma epidemia duradoura e em larga escala pode prejudicar severamente a produção. Portanto, é fundamental que fiquemos todos atentos e prevenidos, seguindo as recomendações das autoridade e profissionais da saúde.

FAÇA SUA PARTE!

Seja como for, o importante é que todos façam a sua parte. Desse modo, pode ter certeza que rapidamente este problema estará solucionado.

  • Evite sair de casa sem necessidade;
  • Evite contato com pessoas que apresentarem sintomas;
  • Lave as mãos até a altura dos cotovelos com frequência, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou locais públicos;
  • Evite aglomerações;
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal.

Leia mais notícias sobre a indústria, visite nosso blog.

Fonte: G1

INDUSTRIAL 4.0
WhatsApp chat